Treinamento Funcional, com a Personal Trainer Saritha Nogueira

Reconhecido por trabalhar diferentes capacidades físicas do ser humano, através da combinação de exercícios diretamente ligados ao dia a dia, o Treinamento Funcional figura como uma das modalidades mais requisitadas do momento. Na entrevista a seguir, a Personal Trainer Saritha Nogueira, expert em Treinamento Funcional, explica os detalhes da atividade:

Saritha Nogueira, Personal Trainer, Especialista em Musculação e Treinamento Funcional, CREF: 4982-G/GO.

Boa Vida Online – O que é Treinamento Funcional?

Saritha Nogueira – Para definir o que é Treinamento Funcional, vou começar de uma forma simples: nada mais é que um treino que “funciona”! “Como assim professora??” É simples! É todo treinamento que tem por objetivo melhorar as funções motoras do indivíduo para proporcionar uma melhor qualidade de vida. Hoje denominamos de Treinamento Funcional, um método de treino que se baseia nos movimentos naturais do ser humano, como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. Com intuito de aprimorar o equilíbrio corporal, coordenação motora, agilidade, noção de espaço, lateralidade e velocidade.

Boa Vida Online – Quais os benefícios do Treinamento Funcional?

Saritha Nogueira – Por ser um treino que se adapta a ambientes mais agradáveis, como por exemplo, parques e praia; por ser um treino ilimitado e flexível, quanto a variações de movimentos e exercícios, isso o torna mais dinâmico e até mais divertido. Quanto aos benefícios proporcionados ao corpo, podemos citar potencialização da força, do equilíbrio, coordenação motora, flexibilidade, maior condicionamento cardiorrespiratório e neuromuscular, resistência, velocidade e agilidade.

O Treino Funcional tira a pessoa de movimentos mecânicos e eixos definidos ou isolados, como acontece na Musculação. Por isso, virou uma alternativa para quem estava cansado dos exercícios mais tradicionais das academias. Além disso, também podemos citar benefícios como a prevenção de lesões, o emagrecimento saudável (reduz percentual de gordura) e a definição muscular.

Boa Vida Online – Quem pode praticar?

Saritha Nogueira – Qualquer pessoa, em qualquer faixa etária e, independente do sexo, pode treinar. Essa é uma modalidade recomendada para aqueles que pretendem sair do sedentarismo, desde que estejam acompanhados por um profissional de educação física capacitado e habilitado, que tenha conhecimento da prática deste método de treino para aplica-lo de forma eficaz, de acordo com as necessidades de cada um, respeitando possíveis limitações.

Boa Vida Online – Qual é a frequência recomendada?

Saritha Nogueira – Antes de definir a frequência de treino, devemos avaliar alguns parâmetros importantes em cada indivíduo: velocidade do metabolismo e suas condições fisiometabólicas, ou seja, o tempo de recuperação das fibras musculares (se são lentas ou rápidas).

Mas, em geral, como todo treinamento de média a alta intensidade, o ideal e mais seguro a se fazer é alternar os dias de treino. Caso tenha estímulos musculares e cardiorrespiratórios gerais em um mesmo dia, o ideal é um dia de descanso entre um treino e outro. Isto é, duas a três vezes por semana, em dias alternados. Entretanto, quem já se adaptou a modalidade e fizer uma divisão coerente do treino, pode treinar todos os dias.

Boa Vida Online – Os exercícios funcionais conseguem aumentar a massa muscular?

Saritha Nogueira – Por ter como base o aprimoramento dos movimentos naturais do corpo e exercita-lo de forma geral (não localizada), a proporção de hipertrofia do músculo é muito baixa se comparado a um treino de Musculação. Por isso, para quem deseja aumentar significativamente a massa magra, além de uma dieta adequada, é recomendado um treino específico e localizado do músculo, através da musculação. Mas isso não quer dizer deixar um treino de lado por escolher o outro método. O importante é mesclar as duas modalidades para se ter melhores resultados.

Boa Vida Online – O Treinamento Funcional ajuda no emagrecimento?

Saritha Nogueira – Com toda certeza! Primeiro por ser um treino mais estimulante e dinâmico; segundo por enfatizar a otimização dos movimentos naturais do corpo, trabalhar de uma forma mais global e envolver mais grupos musculares, o que contribui diretamente para o aumento do gasto energético (ou calórico). Lembrando sempre que, o treino sozinho não faz milagres e que a alimentação direcionada por um nutricionista é fundamental para se alcançar tal objetivo.

Boa Vida Online – Quanto tempo dura uma aula de treino funcional e quantas calorias podem ser eliminadas neste período?

Saritha Nogueira – O tempo ideal de treino é relativo a sua intensidade. Você pode ter um treino eficiente de 15 ou 60 minutos, tudo vai depender da forma que ele é proposto.

Se for um treino com alta intensidade, que gera um grande desgaste cardiorrespiratório e muscular, 15 a 30 minutos já são suficientes para se obter resultados. Se for um treino de intensidade moderada, aí é necessário mais tempo em atividade para gerar um desgaste satisfatório e alcançar resultados positivos. Nesse caso, é necessário 45 a 60 minutos de treino. No geral, não são necessários mais do que 60 minutos.

Quanto ao gasto calórico, uma pessoa pode ter um gasto médio de 500 calorias, desde o tempo de 15 a 60 minutos de treino. Tudo isso depende do esforço de cada indivíduo e do estímulo dado a ele.

Boa Vida Online – Qual é a diferença entre Treino Funcional e Crossfit?

Saritha Nogueira – O Crossfit é uma vertente do Treinamento Funcional. Ambos se assemelham nos princípios e têm por objetivo, treinar as funções motoras do corpo. Entretanto, existe uma diferença na base do treino.

O Treino Funcional, se apoia em ações e movimentos simples e naturais do corpo humano (agachar, levantar, correr, pular, saltar e girar), adicionados ou não a alguns materiais que contribuem para diversificar o treino, tais como: elástico, fitball (bola Suíça), cordas, pesos, halteres diversos e, principalmente, materiais que geram instabilidade. A instabilidade no entanto, é um dos principais fundamentos para aumentar a intensidade no treino funcional, pois assim, potencializa a otimização do equilíbrio, coordenação motora, lateralidade, ritmo, agilidade e velocidade. Trabalhando simultaneamente a melhora da aptidão cardiorrespiratória e muscular.

O Crossfit trabalha tudo isso, porém leva a um esforço físico muito alto; até o máximo que o corpo pode suportar. Os materiais mais usados são cordas, argolas, pneus e máquinas que simulam remo e caixas com diferentes tamanhos para os “jump box”. Os circuitos são fundamentados no número de repetições versus um período de tempo. Além disso, no Crossfit o aluno tem a opção de se tornar um atleta de ponta, já que a modalidade visa a competição nos games.

Boa Vida Online – Para você, o Treino Funcional substitui a Musculação? Quais as principais diferenças entre duas modalidades?

Saritha Nogueira – O Treino Funcional não substitui a Musculação e vice-versa. Nenhum dos dois é melhor ou mais importante que o outro, pois ambos têm especificidades, peculiaridades e objetivos distintos para o corpo humano.

O Treinamento Funcional, como já foi dito, tem por objetivo aprimorar os movimentos corporais naturais de cada indivíduo, de acordo com as necessidades do seu cotidiano. Isso consiste em melhorar as capacidades motoras, coordenação, equilíbrio, agilidade, velocidade, noção de espaço e lateralidade. Já a musculação é muito eficiente para a hipertrofia do músculo.

Amentar o volume das fibras musculares é o foco principal da Musculação, que não é o objetivo central do Treinamento Funcional. Além disso, ao contrário do Funcional, a Musculação consegue trabalhar a musculatura de forma isolada. O intuito é gerar um desgaste ou fadiga naquela região específica, através da sobrecarga de pesos.

Tanto a Musculação quanto o Treinamento Funcional exercem um impacto direto sobre as atividades da vida diária de cada pessoa que os pratica. O ideal é buscar treinar as duas modalidades, para uma melhor desempenho físico. Procure sempre o auxílio de um profissional de educação física capacitado e habilitado para direcionar seu treino, de acordo com suas necessidades e, acima de tudo, TREINE até a fadiga!

Comentários