29 de fevereiro | Dia Mundial das Doenças Raras

Dra. Renata Machado - Endocrinologista Infantojuvenil - Boavidaonline.comSegundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), Doenças Raras são aquelas que atingem 65 pessoas a cada 100 mil indivíduos. Estudos mostram que existem cerca de oito mil tipos de Doenças Raras no mundo, sendo que, 80% delas têm origem genética, 75% manifestam – se ainda na infância e 30% dos pacientes morrem antes dos cinco anos de idade. Levando-se em conta tais informações e, para destacar o Dia Mundial das Doenças Raras, lembrado propositalmente em uma data que também é rara, dia 29 de fevereiro, (nos demais anos, a data é lembrada no dia 28), consultamos a Endocrinologista Infantojuvenil, que fez mestrado em Genética e é apaixonada pelo tema, a querida Renata Machado. Segundo nossa doutora, as doenças raras geralmente são crônicas, progressivas, degenerativas e muitas vezes com risco de morte. Além disso, afetam a qualidade de vida da pessoa e, muitas vezes, o paciente perde a autonomia para realizar suas atividades. Por isso, causam muita dor e sofrimento tanto para o portador da doença quanto para os familiares. Não existe uma cura eficaz existente, mas há medicamentos para tratar os sintomas.

Comentários