5 filmes com cenas de sexo reais, para o final de semana


Se você vai ficar em casa, não quer dizer que não terá um final de semana animado. Que tal assistir filmes interessantes e com cenas de sexo reais? Sexo em filmes, apesar de estarmos em 2016, ainda é um tabu. Mas, diferente do que muitos acreditam, é possível assistir filmes com esse conteúdo, que sejam inteligentes. Isso mesmo, não estamos falando de filmes pornográficos ou vazios, estamos falando de filmes com bons roteiros e boa direção.

A grande maioria desses filmes, são de produtoras alternativas, mas isso não faz com sejam de menor qualidade. De fato, precisamos abrir os olhos para os diferentes tipos de arte e, mesmo dentro do cinema, não relacionar filmes somente com Hollywood. Se você se considera cinéfilo, é uma experiência incrível. E o melhor é que, atualmente, a maioria dos filmes encontramos na internet. Pega a pipoca, deite no sofá e divirta-se.

1) Shortbus – 2005

Sofia (Sook-Yin Lee) é uma terapeuta de casais que nunca teve um orgasmo. Entre seus pacientes estão James (Paul Dawson) e Jamie (PH DeBoy), que mantém uma relação que começa a dar passos maiores. Há ainda Severin (Lindsay Beamish), uma dominatrix que mantém sua vida em segredo e não se abre para as pessoas. Eles se encontram regularmente no Shortbus, um clube super alternativo onde arte, música, política e sexo se misturam.

2) Ninfomaníaca – 2013

Dirigido pelo consagrado diretor Lars Von Trier, esse filme tem aquela ousadia peculiar do profissional. Quem já assistiu outros filmes dele, como Dogville e Melancolia, sabe o que eu estou falando. A Ninfomaníaca é a história erótica de uma mulher, desde seu nascimento até seus 50 anos. Bastante machucada e largada em um beco, Joe (Charlotte Gainsbourg) é encontrada por um homem mais velho, Seligman (Stellan Skarsgard), que lhe oferece ajuda. Ele a leva para sua casa, onde possa descansar e se recuperar. Ao despertar, Joe começa a contar detalhes de sua vida para Seligman. Assumindo ser uma ninfomaníaca e que não é, de forma alguma, uma pessoa boa, ela narra algumas das aventuras sexuais que vivenciou para justificar o porquê de sua autoavaliação.

3) Intimidade – 2001

Recheado de mistérios, esse filme conta a história de um casal que possuem uma relação estritamente passional. Jay (Mark Rylance) e Claire (Kerry Fox) se encontram todas as tardes de quarta-feira por um único motivo: sexo. O casal segue um ritual: tiram as roupas, transam, vestem e partem sem dizer uma só palavra. Um dia, Jay decide conhecer melhor sua parceira. Ao saber do fato, Claire desaparece. Mas Jay não se conforma e parte em seu encalço. E é aí todo o mistério e agonia do filme.

4) Love – 2015

Murphy (Karl Glusman) está frustrado com a vida que leva, ao lado da mulher (Klara Kristin) e do filho. Um dia, ele recebe um telefonema da mãe de sua ex-namorada, Electra (Aomi Muyock), perguntando se ele sabe onde ela está, já que está desaparecida há meses. Mesmo sem a encontrar há anos, a ligação desencadeia uma forte onda saudosista em Murphy, que começa a relembrar fatos marcantes do relacionamento que tiveram. Love é um filme 3D francês, do gênero drama erótica, escrito e dirigido pelo cineasta argentino Gaspar Noé. Foi selecionado para o Festival de Cannes 2015.

5) Nove canções – 2004

Londres, verão de 2003. Matt (Kieran O’Brien) conhece Lisa (Margo Stilley), uma jovem estudante americana, em meio a um show. Eles logo se apaixonam, vivendo um intenso relacionamento sexual entremeado por vários shows que acompanham. Muito sexo e muita música.

Com informações do AdoroCinema

Comentários