Conheça a luminária feita de cabaças

artesanato luminaria cabaca

O charme de um abajur aceso em meio ao quarto escuro é realmente algo aconchegante. Agora, imagine só criar um abajur de cabaça? Em meio a ornamentos, contas, pedras, linha encerada e o que mais aparecer para complementar a arte, este elemento intacto da natureza é perfeito para emitir luz. Natália Betarello, que já se aventurou com seu pai na arte da marcenaria, mergulhou nessa jornada. A paulista confecciona o chamado Abejur, luminária revestida de elementos naturais, extremamente rústica, cuja luz reflete formas geométricas ampliadas na parede.

 Uma das grandes belezas desse artesanato é que o abejur não tem tempo de vida, sua durabilidade é impressionante. A não ser que quebre a cabaça ou prejudique a parte elétrica – o que é reversível pela manutenção oferecida por Natália – o abejur dura tempo indeterminado. Atualmente, a produção funciona a partir de encomendas, basta fazer o seu pedido, à sua maneira. Que venha a luz das cabaças!

Abejur

“Agbê ou Xequerê são os nomes dados a um instrumento de percussão feito de cabaça, contas e linha encerrada. Utilizamos o primeiro nome e juntamos com abajur, nascendo daí o nome “abejur” – sugerido por um amigo lá de Recife, chamado Miguel Stos. A ideia do abejur veio quando um outro amigo – Danilo Butas, me viu fazendo xequerês e sugeriu que eu fizesse um abajur utilizando os mesmos materiais: cabaça, contas e linha encerrada. Achei a ideia incrível e resolvi arriscar. No fim, o resultado ficou melhor do que imaginei e as ideias vieram junto”.

Uma cabaça que emite luz

“Desde que comecei a fabricar xequerês, desenvolvi uma relação muito forte com a cabaça, por ser totalmente natural, um fruto da terra que possibilita coisas inimagináveis. A cabaça apresenta um caráter múltiplo, no qual você pode fabricar instrumentos, tais como berimbau, afoxé e xequerês, além de utensílios decorativos, como o próprio abajur e penduricalhos. Além de todas essas utilidades, no passado, a cabaça era muito utilizada para armazenar água”
abajur luminaria cabaca

Construindo o Abejur

“Primeiramente, é essencial imaginar o processo criativo do abejur: quais elementos você vai combinar na construção do objeto. A combinação das contas, o suporte, a instalação, o tipo de malha que será jogada e o tamanho da cabaça – tudo isso influencia na concepção do abejur. O processo começa com a lavagem da cabaça, removendo todas as sementes de dentro. É importante considerar que a escolha do tipo de suporte varia conforme do tamanho da cabaça.  Em geral, utilizamos bambu, madeiras de pallets e madeira de árvores maciça. Após idealizar a estrutura inicial, montamos a parte elétrica do abejur. A partir daí a criatividade reina”.
Encomende o seu
(62) 3273-0111
Natália Betarello
cabaca artesanato luminaria goiania
cabaca artesanato luminaria goiania
cabaca artesanato luminaria goiania

Comentários