Congelamento de óvulos e fertilização in vitro, com o ginecologista e obstetra Corival Castro

Aos 45 anos, a cantora Ivete Sangalo anunciou que está grávida de gêmeos. Diante do desejo de aumentar a família e a rotina frenética de shows, Ivete foi prevenida. Fez congelamento de óvulos há algum tempo. Tentou, até este ano, a gravidez pelo caminho tradicional. Não aconteceu. Então, ela optou pela fertilização in vitro. Mãe de um menino de 7 anos, a cantora agora espera duas meninas.

Congelamento de óvulos e fertilização in vitro garantem gravidez de Ivete Sangalo

Em harmonia com seu desejo, Ivete Sangalo lançou mão do congelamento de óvulos para sua segunda gravidez

É cada dia maior, o número de mulheres optando por uma gravidez tardia. Como nem sempre o relógio biológico espera, o congelamento de óvulos e a fertilização in vitro têm sido a saída. Especialmente para quem não abre mão da prole.

Congelamento de óvulos e inseminação artificial, com o ginecologista e obstetra Corival Castro

Dr. Corival Castro, ginecologista e obstetra, CRM-GO 4786 / RQE – 656 . Nosso consultor Boa Vida Online é um dos mais experientes profissionais em reprodução humana

Conversei com o ginecologista e obstetra Corival Castro sobre a gravidez em mulheres maduras.

Visite o perfil do médico Corival Castro e saiba mais sobre reprodução humana.

Congelamento de óvulos e fertilização in vitro

Aurélia Guilherme – Podemos ficar mais tranquilas… O congelamento de óvulos e a fertilização in vitro são o caminho para quem quer engravidar após os 40 anos? 

Dr. Corival Castro – Sim! O progresso da medicina reprodutiva, com o aperfeiçoamento das técnicas de congelamento de óvulos, tem possibilitado isso. Hoje as mulheres podem adiar a gravidez de acordo com seus planos de vida. Uma carreira profissional, ou acadêmica, ou mesmo um casamento tardio são exemplos disso.

Óvulos de mulheres mais jovens oferecem melhores chances. O ideal é que eles sejam congelados, antes delas completarem 35 anos de idade. Mas a coleta pode ser realizada a qualquer tempo, desde que a paciente ainda seja capaz de produzi-los. É importante saber que, depois de 40 anos, os resultados do congelamento já não são os melhores.

Leia também: Ivete Sangalo, grávida de gêmeas aos 45 anos – Mulher empoderada

Aurélia Guilherme – Como é o processo de fertilização nesses casos?

Dr. Corival Castro – O processo de fertilização é o mesmo que fazemos de rotina na clínica. Os óvulos são descongelados e fertilizados com o sêmen do marido ou parceiro. Pode-se optar pela técnica de fertilização convencional, em que os espermatozoides são colocados em volta do óvulo. Assim, podem penetrar ativamente. Há ainda o método por injeção intracitoplasmática de espermatozoides (ICSI).

O importante é que o congelamento não depende de se ter um parceiro no momento. Esses óvulos podem ser fertilizados na época desejada, com o parceiro do momento. O sêmen é colhido na hora. Temos até um caso em que a paciente pôde engravidar de um parceiro em uma oportunidade. E de outro, alguns anos mais tarde. Detalhe: foi utilizado o mesmo grupo de óvulos congelados.

Congelamento de óvulos e fertilização in vitro, com o ginecologista e obstetra Corival Castro

Congelamento de óvulos e fertilização in vitro podem ser a saída para mulheres que desejam engravidar mais tarde

Aurélia Guilherme – Os riscos de bebês com malformação são descartados por conta da escolha dos embriões?

Dr. Corival Castro – O risco de bebês com malformação não é descartado por conta da escolha dos embriões. Esta é uma ideia que deve ser esclarecida. As técnicas de reprodução assistida não garantem que os bebês não tenham anormalidades. Em geral, estas possibilidades se assemelham às chances das gestações obtidas de forma natural. Com direito às mesmas alegrias ou desapontamentos.

Aurélia Guilherme – A gravidez é de risco ou é gravidez normal? Quais os cuidados que a mulher madura deve ter nos meses de gestação?

Dr. Corival Castro – A gravidez é normal, o óvulo tem a idade que a paciente tinha quando foram congelados. Se a paciente congelou os óvulos aos 30 anos, a “idade” dos óvulos será 30 anos. Mesmo que a fertilização seja feita aos 42. Por isso as chances de alterações genéticas são muito menores. A paciente deve consultar com seu médico à respeito de sua saúde em geral. Isso no que se refere a riscos gestacionais. Sabemos que as mulheres mais maduras têm mais chance de apresentar patologias relativas à idade . Estou me referindo à hipertensão, diabetes, cardiopatias etc. Por isso, cada caso deve ser avaliado individualmente, antes de se realizar a fertilização.

#boavida #boavidaonline #ginecologia #corivalcastro #obstetrícia #fertilizaçãoinvitro #congelamentodeóvulos #reproduçãohumana #ivetesangalo #gravidezapósos40

Comentários