Cuidados com o couro cabeludo e com os cabelos

Muitas vezes, não damos a devida atenção ao couro cabeludo. Água quente demais, muita química, cremes oleosos.. Alguns cuidados com o couro cabeludo e com os cabelos são importantes para que eles estejam bonitos e saudáveis.

Cuidados com o couro cabeludo e com os cabelos

Cuidados com o couro cabeludo e com os cabelos

Ter um cabelo forte, brilhante e cheio de vida exige cuidados com o couro cabeludo e com os cabelos. A beleza do rosto é realçada e, por isso, trazemos esta entrevista com a Dermatologista Lorena Dourado:

Aurélia Guilherme – Como deve ser a limpeza correta do couro cabeludo?

Dra. Lorena Dourado – Embora seja bem relaxante lavar os cabelos em água quente, esse é um hábito ruim para o couro cabeludo. A água quente, da mesma forma que resseca a pele, resseca o couro cabeludo. Como mecanismo compensatório, as glândulas da região são ativadas a produzir uma quantidade maior de gordura. Isso pode deixar o cabelo com aspecto oleoso. O ideal é que se lave os cabelos com água mais morna ou fria. Esses são cuidados com o couro cabeludo e com os cabelos que valem a pena manter.

Cuidados com o couro cabeludo e com os cabelos - Dermatologista Lorena Dourado

Dra. Lorena Dourado, Dermatologista, CRM-GO: 11663. 

Quanto à frequência, não há problema em lavar os cabelos todos os dias. Mas, a temperatura da água deve estar amena. A oleosidade ideal é aquela que se distribui pelos fios, mas que não se acumula no couro cabeludo. Este deve estar sempre limpo. Se, com as lavagens, os fios se tornarem ressecados, recomenda-se usar cremes condicionantes em seguida. Quanto maior a frequência de lavagens, mais fraco deve ser o xampu.

Aurélia Guilherme – Algumas pessoas se queixam de descamação do couro cabeludo. Por que isso acontece?

Dra. Lorena Dourado – Algumas pessoas têm maior tendência a ter a pele e o couro cabeludo secos e descamativos. Mas, este problema pode ter várias outras causas provocadas pela exposição intensa ao sol, por processos alérgicos, por doenças (dermatite seborreica, psoríase, entre outras), ou, como dissemos anteriormente, pela alta temperatura da água.

Deve-se usar xampus específicos para cabelos secos ou para processos descamativos do couro cabeludo, associados ao uso de condicionador, aplicado não só nos fios, mas inclusive no couro cabeludo. Depois, enxaguar, retirando todo o excesso do condicionador. Evitar a exposição solar intensa, sem a devida fotoproteção. As lavagens devem ser mais espaçadas e em água de temperatura morna ou fria.

Aurélia Guilherme – Qual a importância dos condicionadores e das máscaras hidratantes para os cabelos?

Dra. Lorena Dourado – Os condicionadores, tanto os com enxágue, quanto os do tipo leave-in, recobrem a cutícula, desembaraçando os fios. Assim como os xampus, esses produtos penetram superficialmente nos fios, deixando resíduos entre as escamas da cutícula. Recomenda-se uso de xampus anti-resíduos semanalmente ou quinzenalmente para retirada desses resíduos. As máscaras capilares penetram na cutícula do fio dando maior espessura e força ao cabelo. Cada um tem a sua função específica e todos têm papel importante nos cuidados com os cabelos.

Aurélia Guilherme – Quais os danos do secador e da chapinha no couro cabeludo?

Dra. Lorena Dourado – Devido a alta temperatura, o secador e a chapinha podem provocar bolhas difusas, deixando os fios com uma pior qualidade. Já a chapinha pode causar queimaduras no couro cabeludo. Ambos devem ser evitados. Mas, se isso não for possível, mantenha o secador mais distante dos fios e do couro cabeludo e com ar mais morno ou frio. Ao usar a chapinha, distribua antes nos fios, um produto com efeito antitérmico e mais oleoso, como um silicone. Isso vai facilitar o movimento da chapinha e diminuir o tempo de contato com os fios. Preserve o couro cabeludo do calor da chapinha.

Cuidados com o couro cabeludo produtos químicos

Aurélia Guilherme –  E quanto aos produtos químicos?

Dra. Lorena Dourado – Alisantes, permanentes, tinturas e progressivas podem provocar o desenvolvimento de alergias, que se apresentam nas formas leves, com descamação e coceira, até aquelas mais intensas e graves com forte edema (inchaço). Por isso, é fundamental um teste cutâneo do produto antes da sua utilização. Uma pequena quantidade deve ser aplicada na área atrás da orelha, por exemplo, e em pequena mecha na parte escondida do cabelo.

Comprovada a alergia, suspenda o uso e procure um médico dermatologista, com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) para orientações e tratamento.

Aurélia Guilherme – Qual a importância da alimentação na nutrição dos cabelos e do couro cabeludo?

Dra. Lorena Dourado – A alimentação é importante. Deve-se ter uma dieta balanceada. Pessoas desnutridas têm cabelos opacos. Evite perdas de peso bruscas e dietas sem proteínas.


Quando o couro cabeludo apresentar alterações, como coceira, descamação, inflamação, queda localizada ou espaçada de fios, formando falhas, ou qualquer outro problema, procure um dermatologista com título de especialista em dermatologia, para que seja feita uma avaliação e inicie, se necessário, o tratamento.”

#Cuidadoscomocourocabeludoecomoscabelos #courocabeludo #cabelos #cuidadoscomoscabelos #caspa #chapinha #BoaVidaOnline #BoaVida #AureliaGuilherme

Comentários