A hemodinâmica no tratamento das doenças do coração, com o cardiologista hemodinamicista Raphael Freire

A hemodinâmica é o tema de Boa Vida Online neste 14 de agosto, quando celebramos o Dia do Cardiologista. Nosso consultor em saúde do coração, o cardiologista hemodinamicista Raphael Freire (leia-se Incor-São Lucas), é quem nos fala das evoluções experimentadas pela Cardiologia. O primeiro passo foi em 1929, quando o médico alemão Werner Forrsmann fez, em si mesmo, o primeiro cateterismo cardíaco. Tal ousadia e coragem lhe renderam o Prêmio Nobel de Medicina em 1956. Mas quem nos fala, em seu blog, sobre o que aconteceu com a cardiologia depois desse feito, é o dr. Raphael Freire:

Dr. Raphael Freire, responsável técnico pelo Incor-São Lucas Goiânia

Dr. Raphael Freire à frente de um procedimento no laboratório Incor-São Lucas de Hemodinâmica 

Hemodinâmica – A evolução no tratamento das cardiopatias

“As cardiopatias estão entre as doenças que mais matam no mundo. Felizmente, contrapondo a esta triste realidade, as transformações experimentadas pela Cardiologia são espetaculares, nos últimos anos. O século XXI tem sido marcado, como o século dos avanços tecnológicos no tratamento das doenças cardíacas. Estamos falando da HEMODINÂMICA – a forma minimamente invasiva de tratar várias doenças do coração.

Depois da descoberta de  Forrsmann, a cada nova década, as cirurgias cardíacas são mais seguras, rápidas e menos agressivas para o paciente, graças à hemodinâmica. Cirurgias do coração a “céu aberto” estão cedendo espaço à hemodinâmica. Uma total (r) evolução no tratamento das cardiopatias.

Incor-São Lucas é referência em cardiologia

A evolução no tratamento das cardiopatias: visão da sala de vídeo-monitoramento dos procedimentos no Incor-São Lucas

Incor-São Lucas

Em Goiânia, o Incor-São Lucas é referência em Cardiologia hemodinâmica e, oferece aos seus pacientes, um Laboratório de Hemodinâmica altamente tecnológico.

No Incor-São Lucas, o paciente tem à disposição uma excelente infraestrutura física com todos os equipamentos necessários para os procedimentos endovasculares. Além disso, temos uma equipe multidisciplinar preparada para casos complexos e urgentes.

Veja mais matérias com o cardiologista hemodinamicista Raphael Freire visitando o seu perfil.

Cateterismo cardíaco

O doutor Raphael Freire, Cardiologista Hemodinamicista  é o responsável técnico por toda essa infraestrutura de ponta. Em recente entrevista ao Boa Vida Online, dr. Raphael Freire destacou a evolução do cateterismo cardíaco, procedimento diagnóstico que integra a área de hemodinâmica:

“Em 1929, Forssman realizou o primeiro cateterismo cardíaco, dissecando a veia de seu próprio braço esquerdo para introduzir um cateter até seu átrio direito. Desde então muito tem sido feito, com ampliação do procedimento para diversos problemas cardíacos. O cateterismo abriu as possibilidades de diagnóstico e de manejo terapêutico de forma vertiginosa.”

Leia também: Cateterismo cardíaco, com o cardiologista hemodinamicista Raphael Freire

Angioplastia

 

Procedimento da angioplastia no Incor-São Lucas Goiânia

Boa parte dos casos das doenças vasculares dizem respeito à obstrução de vasos sanguíneos que conduzem o sangue até o coração. São placas de gordura que se acumulam, diminuindo o espaço por onde o sangue deve passar. As placas são rompidas por um balão, que é inflado no local da obstrução, forçando uma abertura no local da lesão. Havendo necessidade, coloca-se um stent (espiral metálico) no local da lesão, como garantia da expansão do vaso ou artéria obstruída. 

Enquanto o cateterismo é a parte da hemodinâmica que oferece o diagnóstico dos problemas coronários, a angioplastia é a parte terapêutica do tratamento. Neste procedimento, temos a possibilidade de implantação dos famosos stents, se necessário. É o que explica o dr. Raphael Freire:

“Com a tecnologia trabalhando em nosso favor, surgiram as endopróteses coronárias (stents) e ampliamos ainda mais nossas possibilidades terapêuticas. Trata-se de um dispositivo em forma tubular, que se utiliza de diversos materiais, que vão do aço inoxidável a um material biorreabsorvível. Sua finalidade é de expansão da placa aterosclerótica e desobstrução da veia ou da artéria, para que o fluxo de sangue possa voltar a fluir permanentemente no local de alguma lesão. Tal procedimento evita uma cirurgia de grande porte e permite uma recuperação mais acelerada e com menor transtorno ao paciente.”

“Tanto cateterismo quanto a angioplastia são procedimentos que evitam uma cirurgia de grande porte e permitem uma recuperação mais acelerada e com menor transtorno ao paciente”

Confira a entrevista completa sobre o moderno centro de tratamento de doenças cardíacas do Incor-São Lucas, com o Dr. Raphael Freire

#boavida #boavidaonline #drraphaelfreire #incorsaolucas #cardiologia #diadocardiologista #cateterismo #angioplastia #hemodinamica #doencasdocoracao #cardiopatia #cateterismocardiaco #avancosdamedicina #medicinadeponta #medicinamoderna

Comentários