Musculação na terceira idade faz a diferença

Uma das maneiras de envelhecer com saúde é exercitar o corpo. Isso acalma a mente, estimula glândulas produtoras de hormônios importantes e fortalece ossos e músculos. Essa história de que os idosos devem ficar mais quietos, sentados ou deitados já era. Movimento é a palavra de ordem durante toda a vida. Musculação na terceira idade é uma excelente ideia.

Musculação na terceira idade | Saúde | Boa Vida Online

Musculação na terceira idade evita as atrofias musculares tão comuns com o envelhecimento

Musculação na terceira idade

Saber envelhecer ainda não é uma sabedoria comum a todos. Idosos se isolam, se deprimem, não se movimentam, não comem devidamente… Essas são características frequentes nessa fase da vida. No entanto, felizmente, esse cenário está mudando. Prova disso é a presença cada dia maior de idosos na academia. Musculação na terceira idade é para aqueles que sabem envelhecer. 

Nos dias de hoje, há muita conscientização dos  caminhos que levam à qualidade de vida. O número de pessoas que adere à um estilo de vida mais saudável é crescente. Ninguém quer viver 100 anos, dependendo de outra pessoa para viver. Portanto, sabedoria é essencial neste momento.

ndo para uma melhor aceitação e, consequentemente, um salto de melhora na qualidade de vida. Envelhecer é apenas o corpo reconhecendo a ação do tempo, mas a mente, embora cansada, exerce um  papel de 

A professora de Educação Física Ana Clara Bittencourt trabalha com idosos. Limitações, as  adversidades ocasionadas por alguma doença são atenuadas quando há uma atividade física bem orientada e com regularidade. Ana nos fala sobre como envelhecer bem:

Musculação na terceira idade faz a diferença

Ana Clara Bittencourt é professora de Educação Física, Pós-Graduada em Fisiologia do Exercício e em Análise do Movimento Humano. Ela é também personal trainer para Terceira Idade  

Um sábio sabe envelhecer

“Envelhecer é um processo fisiológico natural dos seres vivos. Todos nós estamos expostos aos efeitos do tempo. Com o aumento da expectativa de vida, surge a preocupação de envelhecer com mais saúde. O estilo de vida é um fator primordial para um envelhecer saudável e o exercício físico, por sua vez, é de suma importância para o desenvolvimento e manutenção da saúde do idoso”.

Musculação na terceira idade, sim

“A quantidade mínima recomendada não é difícil de ser alcançada. De 30 a 50 minutos por dia, de 3 a 5 dias na semana. Idosos devem incluir atividades aeróbicas e um treinamento de força. Caminhadas e musculação formam o combo perfeito.

A musculação aumenta a massa muscular, que é perdida ano após ano na terceira idade. Além disso, ajuda na redução de gordura, na autonomia e na conquista da independência para realização das atividades diárias.

Musculação também reduz o risco de diabetes, doenças cardiovasculares e osteoporose. Os benefícios se estendem na prevenção de quedas, por aumentar o equilíbrio. Atividades que envolvem força muscular ainda restauram as funções físicas de idosos mais debilitados”.

O céu é o limite

“Não existe limite de idade para a prática de exercícios físicos. Mesmo os idosos, que possuem diabetes, hipertensão, osteoporose, artrite ou outras doenças, podem fazer exercícios. Basta apenas a autorização médica e o acompanhamento de um profissional habilitado”.

#Musculaçãonaterceira idade #diabetes #hipertensão #osteoporose #artrite #atividadefísica #idosos #musculação #envelhecimento #aureliaguilherme #boavidaonline #boavida

Comentários