Nutrição Esportiva, com a Nutricionista Naiara Rochet

Nutrição Esportiva

Boa parte das pessoas não tem a menor ideia do quanto o alimento faz pela saúde e pela beleza do corpo. Comer bobagens e morrer de treinar na academia não vão trazer o shape que se quer. Nutrição esportiva é bem diferente e faz diferença em um treino, certamente que sim. Vamos ver o que a nutri Naiara Rochet tem a dizer:

 

É preciso orientação correta

A Nutrição Esportiva faz falta em um treino mais consistente. Felizmente, boa parte das pessoas tem despertado o interesse por uma orientação adequada, aliada à prática de exercícios físicos. Mas ainda há um longo caminho, até que todos entendam que é importante buscar orientação de educadores físicos e de nutricionistas. Desta forma, muitos, acabam por colocar em risco, tanto os resultados desejados, quanto a própria saúde . Seja para conquistar uma vida mais saudável ou para alcançar bons resultados no esporte, vale a pena lançar mão da Nutrição Esportiva, com a devida orientação profissional. É o que salienta a nutricionista Naiara Rochet, confira:

Naiara Rochet, Nutricionista, especialista em Nutrição Esportiva e consultora em Nutrição para empresas. CRN-1 7880

Aurélia Guilherme – O que é Nutrição Esportiva? É um segmento restrito, só para atletas profissionais?

Naiara Rochet – A Nutrição Esportiva é uma linha de estudo, na qual, o foco são os atletas e suas necessidades. Mas também inclui aqueles que praticam atividades físicas e que não são atletas profissionais. Uma nutrição adequada deve ser uma prática comum em nossas vidas, que gera um profundo bem-estar e saúde.

“A suplementação é a nova moda. Todo mundo quer adquirir seus suplementos e melhorar seus resultados. O equívoco está em acreditar que todos precisam suplementar”.

Aurélia Guilherme – Por que o atleta deve ter uma alimentação diferenciada?

Naiara Rochet – O atleta, por vezes, possui uma alimentação diferenciada, devido ao seu estilo de vida. É comum esses indivíduos passarem horas por dia treinando. Há modalidades que incluem treinos de até cinco horas diárias, em grande intensidade. Desta forma, sua alimentação precisa se adaptar à sua rotina, e deve ter quantidade e qualidade compatíveis ao que necessita.

Além disso, cada esporte visa um objetivo diferente. Em alguns, o mais interessante é ter um corpo leve, para ter velocidade nas provas. Já, para outros, estar mais pesado gera melhores resultados no treino. Desta forma, vimos que a nutrição realmente deve ser individualizada, pois cada um tem suas necessidades específicas.

Aurélia Guilherme – Na academia, há sempre alguém que apresenta aos praticantes de atividades físicas que desejam emagrecer, dietas, nem sempre saudáveis. Qual o perigo de se dar mal seguindo orientações erradas?

Naiara Rochet – O interesse por uma nutrição adequada, principalmente aliada à prática de exercícios, vem aumentando, você disse bem. O problema vem exatamente na orientação mal adequada. Não pode trazer para si hábitos alimentares, baseado em dietas de revistas ou de internet. Não se atinge o resultado esperado desta forma. E, há o agravante das consequências ao organismo, quando se ingere menos ou mais do que o organismo exige.

O plano alimentar deve ser sempre individualizado, baseado nos seus próprios hábitos e preferências. Deste modo, a prática alimentar gera resultados, sem deixar o prazer de lado.


Aurélia Guilherme – Qual a importância da hidratação?

Naiara Rochet – A hidratação é pouco valorizada e, por muitas vezes, esquecida. Porém, ela é essencial ao nosso organismo como um todo. Em nosso peso corporal, há 60% de água. Água que atua na regulação da temperatura, no volume sanguíneo e na excreção de metabólitos. Além disso, a hidratação tem relação direta na prática esportiva.

Uma hidratação comprometida pode levar à diminuição do desempenho durante a atividade física. Por isso, é importante a ingestão de água antes, durante e depois do exercício. Iniciar um exercício bem hidratado auxilia na performance.

É importante lembrar que beber água somente quando sentimos sede não é suficiente, pois a sede já um sinal de desidratação. A água deve ser ingerida durante todo o dia. É conveniente manter sempre uma garrafinha de água por perto. Isso auxilia bastante, para que não nos esqueçamos desse importante detalhe.

Aurélia Guilherme – Qual sua opinião sobre o uso de suplementos alimentares?

Naiara Rochet – A suplementação é a nova moda. Todo mundo quer adquirir seus suplementos e melhorar seus resultados. O equívoco está em acreditar que todos precisam suplementar. Afinal, como o próprio nome diz, a suplementação vem para complementar a alimentação. Mas, se a alimentação já ocorre em quantidade e qualidade suficientes, não será necessário suplementa-la para atingir bons resultados.

Desta forma, o erro mais comum é ingerir algo de que o corpo não necessita. Assim, o resultado esperado não vai acontecer. O nutricionista irá avaliar sua alimentação e adequá-la. Aí sim, se for preciso,  será prescrito um suplemento necessário para aliar ao seu hábito alimentar.

Comentários