Obesidade e Emagrecimento, com o doutor em Educação Física, Rafael Sotero


O professor doutor em Educação Física, Rafael Sotero, é um dos profissionais mais requisitados de Brasília, na orientação e no treino físico de muitas pessoas. Sua concorrida agenda é dividida entre o atendimento aos seus alunos, de forma online, presencial, por aulas nas universidades e por palestras que ministra. No próximo dia 25, nosso consultor em Atividade Física, participa do Primeiro Encontro de Ethos de Atividade Física e Saúde, com foco no seguinte assunto: “Obesidade e Emagrecimento, nem tudo é o que parece!” Vejamos:

Boa Vida Online – Qual é a leitura que o senhor faz sobre a Obesidade nessa palestra?

Rafael Sotero – Todos os meus estudos em torno da Obesidade e do entendimento do metabolismo humano e sobre o que podemos fazer para ter um corpo saudável me levam a um caminho bem mais amplo do que simplesmente trabalhar a perda calórica. Quem emagrece, com foco apenas na dieta, comete um erro que pode por tudo a perder, em um futuro próximo. É preciso entender que, para emagrecer de forma saudável, deve-se buscar as causas do excesso de gordura.

Maus hábitos alimentares, vida sedentária, emocional alterado pelo estresse, pelas preocupações pessoais e profissionais do mundo moderno, muitas vezes, desnecessárias, podem ser motivos que levam à obesidade! Perder peso de forma saudável e de forma definitiva, portanto, exige abordagem ampla. Por isso, esse é o tema da palestra, que acontece no dia 25 de Junho, durante o Primeiro Encontro de Ethos de Atividade Física e Saúde.

Ampliamos o contexto em que o excesso de peso é a consequência de outras causas. Além de ser também o gatilho para outras doenças se instalarem, como hipertensão, diabetes, uma cascata de eventos negativos e de reações do corpo, têm alta possibilidade de aparecerem na medida em que a pessoa engorda.

Boa Vida Online – A corrida é um dos esportes que promove grande perda calórica. Com boa orientação, é possível diminuir as medidas de forma intensa, em um programa de atividade física e suporte nutricional especializado. Mas, a empolgação de iniciantes, pode levar ao risco de lesões musculares. Qual a sua orientação para aquelas pessoas que gostariam de iniciar a corrida?

Rafael Sotero – Qualquer pessoa que queira se iniciar na corrida, deve buscar orientação especializada. Um profissional da educação física é fundamental para avaliar sobre suas reais condições físicas para começar nesse esporte, que exige bom condicionamento e não são todas as pessoas preparadas para isso. Muitas lesões poderiam ser evitadas. Ao preparador, cabe montar um plano de ações que envolve práticas de aquecimento, alongamento e fortalecimento muscular.

Sempre digo aos meus alunos, em sala de aula, ou, como personal trainer que, para não prejudicar as articulações e para evitar rupturas das fibras musculares e outras lesões, aquecer o corpo, antes de submete-lo ao esforço intenso da corrida, é fundamental.

O alongamento é outra atitude, frequentemente esquecida por muitos praticantes da corrida, e, que deve ser feito à medida em que a musculatura vai sendo utilizada. Os alongamentos aumentam a amplitude muscular e melhoram os movimentos.

Quem corre deve fazer um trabalho paralelo de fortalecimento muscular, para aumentar a resistência das fibras e preparar as articulações para o impacto da corrida. Mais uma vez, consulte um especialista em atividade física e monte um programa individual, seguro e consciente dos objetivos a serem alcançados, visando, sobretudo, a saúde e a qualidade de vida. Os grandes grupos musculares do corpo são exigidos de forma intensa, durante a corrida. Por isso, é importante um preparo correto e gradual do corpo que, somado à nutrição ideal. Assim, as respostas são muito positivas, com grande segurança à quem quer perder peso e se dedicar ao esporte.

Comentários