Plástica Ocular, com o doutor Fausto Cazorla

Plástica Ocular

Ao escolher um cirurgião para fazer uma plástica ocular, não se esqueça de que, não está em jogo, apenas o rejuvenescimento dessa região. Há, também, toda a parte funcional dos olhos. Um Oftalmologista nunca vai desprezar a importância de se retirar apenas o excesso de flacidez. Mais do que isso, as pálpebras não vão se fechar, como deveriam. E, isso, pode acarretar alguns problemas, que danificam a córnea.

https://www.boavidaonline.com.br/plastica-ocular-com-o-doutor-fausto-cazorla/

A Plástica Ocular é uma excelente alternativa para quem está com as pálpebras caídas, com excesso de pele e de gordura. Com o passar do tempo, vamos nos tornando com o semblante cansado e envelhecido. A queda das estruturas faciais pode, inclusive, nos deixar com dificuldades para enxergar. Mas a plástica ocular resolve este problema. Trata-se de uma técnica cirúrgica da Oftalmologia que melhora a estética, sem prejudicar a função ocular. A seguir, o Oftalmologista Fausto Cazorla, nos dá detalhes do procedimento:

Plástica Ocular: O procedimento

https://www.boavidaonline.com.br/plastica-ocular-com-o-doutor-fausto-cazorla/

Dr. Fausto Cazorla, Oftalmologista, CRM – GO 10919

A Plástica Ocular é a cirurgia realizada para retirada de excesso de pele e de gordura das pálpebras. De forma geral, ela promove o rejuvenescimento da região dos olhos, diminuindo as rugas, corrigindo prolapsos de gordura (bolsas de gordura) e o mal posicionamento palpebral. Frequentemente, a plástica ocular está associada a outros procedimentos cirúrgicos, como por exemplo a correção de ptose (queda) da pálpebra e também do supercílio (sobrancelha), geralmente relacionados à idade. É interessante associar a plástica ocular a outros procedimentos estéticos, como aplicação de toxina botulínica, preenchimentos, etc.

Tanto homens, quanto mulheres, que desejam uma melhora estética da região dos olhos, podem ser submetidos à plástica ocular. Não há idade mínima para sua realização. O médico deve, juntamente com o paciente, avaliar a necessidade da cirurgia, e definir os possíveis procedimentos que podem ser realizados, para obter o resultado desejado.”

Detalhes cirúrgicos:

A plástica ocular geralmente é realizada com anestesia local. O paciente é sedado por um médico anestesista, que acompanha todo o procedimento. Na maioria dos casos, há necessidade de se manter no hospital, durante o período da cirurgia e durante a recuperação anestésica. Depois disso, o paciente pode voltar para casa no mesmo dia, sem a necessidade de internação por vários dias.

Pode-se utilizar o bisturi comum (lâmina) ou o bisturi à laser. Geralmente, se utiliza pontos para o fechamento das feridas cirúrgicas, mas existe a opção de se utilizar a cola biológica para tal fim. A maioria dos cirurgiões, no entanto, prefere o fechamento com fios.”

Possíveis Complicações:

A Plástica Ocular é uma cirurgia com baixa incidência de complicações. A mais temida delas, é o chamado “lagoftalmo”, que acontece quando a retirada de pele é realizada em excesso, e os olhos passam a ter dificuldade em se fechar totalmente. Isso pode acarretar diversos problemas oculares, ameaçando inclusive a visão. É recomendado que o médico tenha um cuidado especial, para evitar esta complicação. Há de se ter um bom planejando cirúrgico, para que haja um resultado estético satisfatório, sem o comprometimento da saúde dos olhos.”

Cicatrizes

Como há corte da pele para realização da cirurgia, consequentemente, há cicatrizes. Porém, tais cortes são feitos em locais da pele que permitem que as cicatrizes fiquem muito pouco perceptíveis no pós-operatório. Além disso, a cicatrização é uma característica individual. Cada pessoa tem uma evolução única, que deve ser acompanhada pelo médico responsável pela cirurgia.”

Pós Operatório:

O paciente necessita repouso durante os primeiros dias após a cirurgia. Quando há inchaço e hematoma, é indicado o uso de compressas geladas. Os pontos são retirados aproximadamente após uma semana. Uma atenção especial deve ser dada à proteção contra o sol, que pode ocasionar manchas nas cicatrizes, nesse período inicial do pós-operatório.”

Comentários