Red Velvet, o bolo vermelho que encanta

Pense em um bolo lindo, aveludado e que pode ser feito por você! Red Velvet, que bolo é esse? Pedimos à chef Christiane Santana a receita dessa massa perfeita. Aproveite e conheça um pouco da história dessa chef que desponta em Goiânia, pela versatilidade de suas receitas.

Red Velvet, o bolo vermelho que encanta | Receitas | Boa Vida Online

Red Velvet, em sua versão original, utiliza beterrabas para colorir a massa. Uma forma bem saborosa de comer o vegetal

Red velvet

Cozinhar, além de tudo, consiste em um ato de amor. Diga se essa receita de Red Velvet não é um convite ao romance?Christiane Santana é turismóloga, pós graduada em Administração de Empresas. Certo dia, ela resolveu deixar tudo de lado.  Há 3 anos , ela se dedica integralmente à Gastronomia.

Christiane Santana – Chef de Cozinha 

Segundo Chris, através de um bom prato de comida, é possível resgatar ou oferecer lembranças e emoções especiais para qualquer pessoa. “Não precisa ser nada elaborado com técnicas mirabolantes ou ingredientes caros. Um ovo frito com arroz branquinho pode ser a razão de felicidade para muitos, basta que seja feito com amor. Por isso, é muito importante gostar de cozinhar e estar em paz quando estamos na cozinha”, nos conta.

Em 2016, ela se tornou sous chef no Iz Restaurante e consultora no Dororó, restaurantes de culinária brasileira, em Goiânia. A menina é porreta na cozinha, tudo em que ela bota a mão dá água na boca.
 
Chris optou pela especialização em Gastronomia Contemporânea, por acreditar na possibilidade e liberdade de interpretar técnicas e receitas tradicionais de uma forma atualizada, utilizando ingredientes locais, por exemplo. Dessa maneira, acredita ser possível valorizar sabores e a cultura em si, criando uma nova identidade. Os doces também são suas especialidades. “Agora, não deixo de lado meus doces e bolos, principalmente, o brigadeiro, tem algo com mais sabor de infância?”
 
Aproveitando todo esse sabor, Chris nos sugeriu uma charmosa receita deliciosa, com a cara do natal. É o Red Velvet ou bolo de veludo vermelho. Sua cor avermelhada é puro deleite. Durante a Segunda Guerra Mundial, quando a comida era racionada, muitos confeiteiros utilizavam beterrabas fervidas para melhorar a cor de seus bolos. Daí a cor da paixão na história desse bolo. Depois da guerra, passaram a substituir a beterraba por um corante que substitui a beterraba. Confira a receita que  Chris compartilhou conosco:

Receita de Red Velvet

Ingredientes

1 xícara de leite
1 limão
5 ovos
2 xícaras de açúcar refinado
3 colheres de manteiga sem sal
2 colheres de chocolate em pó
2 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de fermento em pó
1 potinho de corante em gel vermelho
 
Recheio
 
200 grs manteiga sem sal
350 grs de açúcar de confeiteiro
600 grs de cream cheese
1 colher sobremesa de baunilha

Modo de preparo

  • Esprema o limão no leite, mexa e reserve. A mistura vai virar uma coalhada;
  • Bata os ovos inteiros colocando o açúcar aos poucos, até obter um creme claro e fofo;
  • Acrescente o corante;
  • Peneire a farinha de trigo com o chocolate e o fermento;
  • Acrescente os secos nos ovos batidos, intercalando com o leite e a manteiga derretida;
  • Coloque para assar em uma forma de aro 25 cm, por aproximadamente 50 minutos, a 170 graus;

Para o recheio

Bata a manteiga, em temperatura ambiente,com o açúcar, até chegar a um creme fofo e claro.Em seguida, junte o  cream cheese e a baunilha até misturar bem;

Montagem

Corte o bolo em três partes e use o recheio entre as camadas e como cobertura, cobrindo todo o bolo. Leve para gelar e sirva.

 #redvelvet #bolodeveludovermelho #chefchristianesantana #igaculinária #dororo #izrestaurante #boavidaonline #boavida #auréliaguilherme

Comentários