Regressão até outras vidas

As terapias de regressão são uma excelente ferramenta para tratar os conflitos existenciais. A psicoterapia reencarnacionista vai além da psicologia convencional. Esse tipo de terapia atravessa o portal de entendimento do ser ao se conectar com as vidas passadas.

Regressão até outras vidas

Regressão

A existência humana sempre esteve permeada por questões existenciais que causam sofrimento. Entender a razão de comportamentos e características pessoais conflituosas são um desafio para os estudiosos da mente.  A psicoterapia reencarnacionista atravessa o tempo e chega até as encarnações passadas.  Porém, voltar até outras vidas e reconhecer situações que explicam sentimentos e atitudes atuais requer cuidados. É preciso ter conhecimento das leis espirituais. Para aqueles que desejam se aprofundar nos conhecimentos da regressão, trazemos uma entrevista com Edu Roberto do Amaral. Ele é facilitador de cursos de formação de Psicoterapeutas Reencarnacionistas, autorizado pela Associação Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista (ABPR). Estão abertas as inscrições para a formação da 1a turma de capacitação em regressão em Goiânia. Entenda o assunto:

Aurélia Guilherme – Como podemos entender a psicoterapia reencanacionista?

Edu Roberto do Amaral – A PR, ou psicoterapia reencarnacionista é uma moderna escola psicológica. Trata-se de uma terapia que envolve a reencarnação.  O objetivo é ajudar a todos em uma nova interpretação que a nossa persona (ego) tem da infância e da nossa vida. O  nosso Eu Divino e nossos Mentores Espirituais têm a esse respeito. É a base operacional da Psicoterapia Reencarnacionista, o que chamamos de “versão-persona” x “Versão-Espírito”. Sem essa mudança de visão, de interpretação, que damos à nossa infância e aos fatos da vida, não é possível realizar-se um tratamento com a Psicoterapia Reencarnacionista.

Regressão – Edu Roberto do Amaral, 51 anos, capricorniano, Bacharel em Administração de empresas na Fappca, Pós Recursos Humanos na PUC , Extensão em Sáude Quântica na Uninter e Psicologia Transpessoal na Unipaz. É psicoterapeuta reencarnacionista autorizado pela Associação Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista (ABPR).  Edu também é constelador familiar, Renascedor, Alinhador e Mestre Reiki” 

 

Aurélia Guilherme – Nossas vidas passadas, a reencarnação e a atuação de espíritos obsessores tem influência em nossos conflitos internos ou em alguma doença mental, como depressão ou pânico?

Edu Roberto do Amaral – Sim, as regressões mostram as ligações kármicas que temos, e estes irmãos desencarnados nos influenciam, alterando nosso estado emocional, ocasionando algumas vezes processos depressivos e de pânico,

Aurélia Guilherme – A Psicoterapia Reencanacionista fala em encontro com a personalidade congênita. O senhor poderia nos explicar isso melhor?

Edu Roberto do Amaral – A Psicologia atual, herdeira de uma concepção religiosa não reencarnacionista, enxerga nossa vida apenas desde a infância, Por isso, limita seu campo de ação a uma fração mínima da nossa existência. Trabalha-se com um conceito limitado que é a Formação da Personalidade.

A psicologia atual afirma que não existíamos antes da concepção. Então, considera-se que nossas características de personalidade e nossos sentimentos inferiores originam-se lá no “início da vida”. Leva-se em conta a conjunção de fatores genéticos, hereditários e ambientais. Tudo, obrigatoriamente originou-se lá, pois nada havia antes.

Mas e as nossas encarnações passadas? Na nossa vida encarnada anterior não tínhamos uma personalidade? Evidentemente que sim! Então não é razoável e de bom senso pensar que somos a continuação daquele que fomos nessa vida anterior à atual? Isso derruba o conceito de Formação de Personalidade e cria um outro conceito, revolucionário, evolucionista, clarificador, o de personalidade congênita, um dos pilares básicos da Psicoterapia Reencarnacionista.

E nossos familiares, nosso pai, nossa mãe, nossos irmãos e demais parentes? Dentro dos princípios reencarnacionistas sabemos que somos Espíritos ligados por cordões energéticos de afinidade e de divergência. Esses cordões é que regem a nossa aproximação e isso explica as simpatias e as antipatias entre familiares, até mesmo ódios e aversões. E por que nos aproximamos novamente? No caso da afinidade, para continuarmos juntos em um projeto de amizade, de um trabalho em conjunto. No caso de divergências, para fazermos as pazes, nos harmonizarmos, nos amarmos.

Essa última questão é um dos principais assuntos nas consultas de Psicoterapia Reencarnacionista, quando tratamos conflitos entre pais e filhos, entre irmãos e outras pessoas que vamos encontrando durante a vida.

Aurélia Guilherme – A Associação Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista se manifesta preocupada pela forma como a Terapia de Regressão de Vidas Passadas vem sendo praticada? Por que?

 Edu Roberto do Amaral –Alguns terapeutas de regressão não respeitam a Lei do esquecimento, do Livro dos Espíritos, incentivando na regressão o paciente a reconhecer as pessoas, o q é contrário a lei, e também a condução da regressão a uma vida que talvez a pessoas não estaria em condições de acessar. Na ABPR quem conduz a regressão é o mentor espiritual da pessoa, como consta na questão 399 do Livro dos Espíritos. O Livro dos Espíritos autoriza o resgate das memó­rias: Na obra “O Livro dos Espíritos” lemos o se­guinte:

“Ao entrar na vida corporal, o Espírito perde, momen­taneamente, a lembrança de suas existências anteriores, como se um véu as ocultasse; entre­tanto, às vezes, tem uma vaga consciência disso e elas podem até mesmo lhe ser reveladas em algu­mas circunstâncias. Mas é apenas pela vontade dos Espíritos Superiores que o fazem espontaneamente, com um objetivo útil e nunca para satisfazer uma curiosidade vã”. Fica claro que os casos em que não se pode levantar o véu são a curiosidade e motivos inúteis, mas quando há um propósito, o resgate é autorizado.

Aurélia Guilherme – Quais os riscos de uma TVP mal conduzida?

Edu Roberto do Amaral – Ficar sintonizado em uma vida passada e nesta então aflorar conflitos  e reconhecer pessoas de seu convívio atual e trazer dificuldades de relacionamento.

Aurélia Guilherme – Como é uma sessão de Psicoterapia Reencarnacionista? 

Edu Roberto do Amaral – A sessão de psicoterapia reencarnacionista começa com uma conversa inicial com a pessoa sobre o que que ela está buscando nesta terapia explicamos os procedimentos básicos da psicoterapia reencarnacionista e marcamos uma regressão ponto na regressão é que vir aos conteúdos emocionais que a pessoa precisa trabalhar Uma semana após a regressão é feita a consulta pós regressão onde o psicoterapeuta reencarnacionista vai conversando com a pessoa e traduzindo como ela era naquela vida e como ela é nesta vida neste processo a pessoa vai percebendo que suas mágoas ressentimentos não começaram nesta existência mas que ela vem trazendo em sua personalidade congênita Há muitas eras

Aurélia Guilherme – Esse curso se destina-se apenas a profissionais da psicologia?

Edu Roberto do Amaral – O termo psicoterapia não é exclusivo da psicologia. Para habilitar-se a frequentar um dos Cursos de Formação, o(a) candidato(a) deve atender a no mínimo 1 dos critérios abaixo:

  •  Ser um Profissional da área da saúde, oficiais (médicos, psiquiatras, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, enfermeiros, etc.) ou alternativos (terapeutas floral, reikianos, astrólogos, numerólogos, massoterapeutas, etc.);
  • Estar realizando Cursos na área da saúde (oficiais ou alternativos), para ser Profissional de consultório;
  • Ser médium atuante em Centros Espíritas e Espiritualistas, para trabalhar gratuitamente com nossa psicoterapia em seu Centro após formado(a).

Em qualquer um dos casos acima, é pré-requisito obrigatório ter o Ensino Médio completo.

Veja também como harmonizar os 7 chacras, AQUI!

Exercícios de respiração incríveis e que certamente vão ajudar no autoconhecimento

Informações sobre o curso de Psicoterapia Reencarnacionista:

Espaço Evolua – Rua 88, 732 , Setor Sul – Goiânia. Os encontros começam no dia 11 de Agosto, das 9 hs às 17hs e acontecem no 2º sábado de cada mês, em 18 meses. Turma com até 18 alunos.  Todos os alunos passam por práticas e consultas de regressão.

Valor mensal – R$ 340

Fones: (51) 9 9965.9755 – Whatsapp (62) 9 8168.0358

#regressão #psicoterapiareencarnacionista  #leisespirituais #conflitosexistenciais #encarnaçõespassadas #personalidadecongênita #psicoterapia #psicologia #AssociaçãoBrasileiradePsicoterapiaReencarnacionista #reencarnação

 

Comentários