Ultraleve – Embarque nessa paixão

Como uma boa aquariana que sou, a sensação de liberdade e de conexão com o planeta são importantes para mim. Voar é o máximo, ainda mais em um ultraleve. Ao entrevistar o papa dos ultraleves no Brasil, o Cmte. Wander Azevedo, provoquei esse delicioso convite.  Que máximo! Zero de medo, muita segurança, aventura…

Ultraleve - manutenção - esporte - venda -de - ultraleves

Ultraleve – A sensação de que é preciso viver intensamente me levou a esse momento mágico. Estive literalmente nas nuvens, um lugar onde é muito bom estar. O comandante Wander Azevedo  me presenteou com um entardecer magnífico à bordo de um ultraleve de 2 lugares. Que delícia. AMEI!

Ultraleve

Uma volta pelo Aeroclube de Goiânia, com o comandante Wander Azevedo e me dei conta de uma realidade jamais imaginada. São 16 hectares de hangares abrigando um número imenso de ultraleves, helicópteros, jatinhos… Todos cruzando os céus do Brasil e trazendo para nossa Capital o prestígio e a referência no esporte, em manutenção e em venda de ultraleves. Esses brinquedinhos são mesmo incríveis e apaixonantes.

Há muita falta de informação do que seja realmente um ultraleve. Eu mesma, antes da aula que recebi do comandante Wander, pensava ser este, um aviãozinho com algum motor suspeito. Mas como havia uma vontade contida de voar, procurei o comandante Wander Azevedo. Ele é piloto privado e de teste e instrutor de voo. Há mais de 30 anos, Wander é diretor da Fly Ultraleves, referência nacional para interessados em  aeronaves leves.

Ultraleve - manutenção - esporte - venda -de - ultraleves

 

O Cmte. Wander Azevedo começou a voar ultraleves em 1987 . Dois anos depois ele se tornou instrutor de voo e, assim permaneceu, até pouco tempo atrás, para maior dedicação em venda e manutenção de ultraleves. Ele nos diz que a demanda é alta e é preciso atender todo o Brasil.

Formação  do Cmte. Wander Azevedo:

Piloto Desportista – 31 anos

Piloto de Ultraleve Anfíbio – 28 anos

Piloto de Recreio – 15 anos

Instrutor de vôo – 29 anos

Checador – 24 anos

Piloto Privado. – 12 anos

Piloto de Testes – 29 anos

Número de horas voadas – Aproximadamente 9.000 hs

Aeronaves Voadas – Cerca de 80 modelos e estilos diferentes

Para fazer parte de minha estreia  pilotando um ultraleve, é claro que só aceitaria voar com alguém com essa experiência.

 Mas, antes de me entregar à esta aventura, fiz as perguntinhas básicas, que repasso ao leitor:

Aurélia Guilherme – Como qualificar um ultraleve?

Cmte. Wander Azevedo – Um ultraleve é caracterizado por uma aeronave com peso máximo de decolagem de 600 quilos. A velocidade varia de 60 km/h a 300 km/h. Na maioria dos casos, proprietários utilizam um ultraleve para o lazer 

Aurélia Guilherme –  Daqui a pouco vamos decolar. Você realmente acredita que eu possa pilotar um ultraleve? 

Cmte. Wander Azevedo –  Sim, você e qualquer outra pessoa maior de 18 anos. É necessário estudar a parte teórica, que é muito simples. Depois disso, cumprir as aulas de vôos necessárias para se habilitar. Um exame médico é necessário para ter um Certificado de Capacidade Física.  Pode ser feito em clínicas da área ou no Hospital da Força Aérea Brasileira. Em Goiânia temos 2 clínicas credenciadas.

Aurélia Guilherme – Nos últimos anos, percebo que há mais pessoas que se interessam por esse tipo de esporte. Como é e o que esperar de um curso para pilotar um ultraleve? 

Cmte. Wander Azevedo – O curso é simples. São 25 hs de vôo  de farto treinamento, até que o aluno possa começar a voar sozinho. Escolas credenciadas habilitam o piloto na conquista do C.P.R. – Certificado de Piloto de Recreio.

Aurélia Guilherme –  É muito burocrático ter um ultraleve?

Cmte. Wander Azevedo – De jeito algum. Qualquer pessoa pode ter um ultraleve. É simples de adquirir, sem burocracia. Existem dezenas de modelos disponíveis.

Aurélia Guilherme – E aqueles que desejam se profissionalizar?

Cmte. Wander Azevedo – Para se profissionalizar, o piloto, além do Certificado de Piloto Privado,  deve adquirir posteriormente o C.P.C. – Certificado de Piloto Comercial. Neste caso tem que ser em escolas para piloto privado.

Aurélia Guilherme – O que poderia ser uma manobra arriscada em um ultraleve?

Cmte. Wander Azevedo – Um pouso em uma pista curta ou não adequada a aquela aeronave que está voando. Também podemos considerar um risco voo rasante não planejado. Manobras desse tipo estariam colocando em risco a integridade de pessoas e da aeronave.

Aurélia Guilherme – Sem querer ofender, mas motor de um ultraleve dá a impressão de ser fraco e  propenso a pane. Algo parecido com aqueles de barcos de pesca.  É só impressão não é? 

Comte. Wander Azevedo – Você está completamente enganada. Os motores de ultraleves são de qualidade muito superior aos motores de barcos, carros e, até de muitos aviões mesmo. Tudo em motores de ultraleves têm duplicidade de equipamentos. Um motor de ultraleve tem dupla carburação, dupla ignição, duas velas por cilindro… Há vários outros itens que  tornam esses motores extremamente seguros.

Aurélia Guilherme – E se pifar, como é o comportamento de um ultraleve sem motor?

Cmte. Wander Azevedo –  Em caso de pane de motor, o ultraleve continua voando normalmente dando tempo de sobra para que o piloto escolha o melhor lugar para pouso. Geralmente, os ultraleves, com o motor desligado tem uma razão de planeio de 14:1. Ou seja,  a cada percurso voado de 14 metros, há uma perda de 1 metro de altitude. Em resumo, se você estiver a 1.000 metros de altitude, vai voar 14.000 metros (14 km) para frente.

Aurélia Guilherme – Quais são as orientações que preciso ter para pilotar um ultraleve?

  • Checagem pré-vôo na aeronave
  • Orientação quanto ao funcionamento dos comandos
  • Orientação quanto a deslocamento em um aeródromo.
  • Fonia
  • Decolagem
  • Manobras em vôo
  • Pouso
  • Checagem de abandono após a hangaragem da aeronave.

Para terminar, só posso dizer que ultraleves são mesmo máquinas ultramodernas, com motores apropriados para aviação. Amei a experiência. Agradeço ao Cmte. Wander pelo voo e por me deixar nas nuvens! 

Para as pessoas interessadas em instruções de voo, manutenção e em comprar um ultraleve, basta acessar www.flyultraleves.com.br

O que você faz para ser feliz?

Ultraleve - manutenção - esporte - venda -de - ultraleves

#ultraleve #voodeultraleve #aeroclubedegoiania #comandantewanderazevedo #flyultraleves #helicopteros #jatinhos #manutençãodeultraleves #vendadeultraleves #BoaVidaOnline #BoaVida #AuréliaGuilherme

Comentários