Uma cama para seu animal de estimação

Natália e Cacau, a inspiradora da primeira caminha

Natália Betarello Ramalho, de 26 anos é formada em Arqueologia e se vê diante de várias causas, disposta a lutar. Em suas redes, adota os sobrenomes Guarani e Kaiowá, simbolizando seu apoio às conquistas indígenas, “Todos somos Guarani e Kaiowá”. Seu pai, Luiz Coelho Ramalho Filho, de 55 anos, sempre gostou de marcenaria e juntos, decidiram entrar em uma nova empreitada: construir camas de materiais reciclados, super charmosas e confortáveis, para cães. Como tinham muitos animais em casa, os paulistanos, que moram em Goiânia há 15 anos, se inspiraram pela necessidade de um maior conforto para os bichanos. Como a matéria prima é bastante viável e barata, juntaram o útil ao agradável e se aventuraram na morada dos bichinhos.

Passaram a observar que a maioria das camas para os cães são feitas de materiais descartáveis e em sua maioria, caras. O intuito se voltou para a produção de moradas de baixo custo e de material durável, como pallets e pedaços de estrutura de camas box, encontrados nos lixos de Goiânia. Segundo Natália, a madeira coletada é material de reuso, como Pinho e Eucaliptos, e precisa por um processo de tratamento para ser utilizada.

As camas são feitas sob medida e personalizadas para cada cãozinho, segundo a necessidade de cada cliente. As características do bichinho são fundamentais para a confecção da casinha, item fundamental para que haja o bem estar de cada um deles. “A ideia é que seja um produto duradouro e acessível ao cliente, diferente dos produtos adquiridos em pet shop, que utilizam material inferior, como MDF e plástico. A madeira utilizada pelo nosso trabalho possui mais resistência, o que é imprescindível para animais que mordem objetos excessivamente”, explica Natália.

A produção é familiar: o pai confecciona; a irmã, Letícia Betarello Ramalho, fica por conta do acabamento e Natália e sua mãe Mônica Betarello, ficam responsáveis pela venda. Juntos, acreditam na divisão de trabalho e se unem em prol de uma ideia sustentável, barata e cheia de estilo para o seu bichano, afinal, ele também merece uma caminha confortável pra dormir.

Chico e Cherie na King Size.

Nem os gatos, que são mais noturnos e independentes, ficam de fora. Federica que mora com Natália, vira e mexe passeia pelas caminhas.

 

Comentários